10.9.19

Projeto Ecoenel: Reciclagem que gera desconto na conta de energia.

Imagem Divulgação Reprodução Internet

O Grupo Enel é uma empresa multinacional distribuidora de energia elétrica e presente em mais de 30 países. No Brasil, é a maior empresa privada do setor elétrico, atuando nas áreas de geração, distribuição, transmissão e comercialização, além de soluções em energia. Foi reconhecida em 2018, pelo Guia Exame de Sustentabilidade, como a Empresa Mais Sustentável do Ano.

Se você mora em São Paulo, no Rio de Janeiro, Goiás ou no Ceará, já deve ter ouvido falar no Ecoenel. Desde que foi implementado, em 2007, o programa beneficiou mais de 620 mil clientes, arrecadou 43 mil toneladas de resíduos e deu bônus de mais de R$ 7 milhões em contas de energia.

O projeto oferece desconto na conta de energia para os clientes residenciais que entregam materiais recicláveis nos pontos de coleta espalhados pela área de concessão da Enel Distribuição, em seus respectivos estados. Além disso, os clientes podem acompanhar sua coleta seletiva de forma online.

Segundo o site da Ecoenel, o projeto funciona da seguinte forma:


  • O cliente interessado vai até um ponto de coleta do projeto Ecoenel levando uma conta de energia elétrica e efetua seu cadastro;
  • Recebe um cartão de adesão que dá direito à troca de materiais recicláveis por descontos na próxima conta, sem limites de pesagem. Pode ser papel, plástico, metal, vidro ou embalagens TetraPak;
  • O material é pesado e calculado de acordo com o valor praticado no mercado, que varia com o tipo de resíduo;
  • O participante recebe um comprovante do bônus, que será creditado na próxima conta de energia.


O material entregue vai, muitas vezes, para cooperativas e se tornou uma conexão entre a comunidade e o reciclador.

Os principais benefícios do projeto são a redução do custo da fatura de energia – sendo que conta de luz pode até mesmo ser zerada– e a destinação correta dos resíduos sólidos recicláveis, levando a comunidade a fazer sua parte na colaboração com a preservação do meio ambiente. Não é legal?

Para mais informações e para saber sobre os pontos de coleta em São Paulo - Clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário